Redes Sociais

Poder Web

Curso para perder a timidez – Como perder a vergonha

curso-para-perder-a-timidez

curso para perder a timidez

Curso para perder a timidez – Como perder a vergonha

Curso para perder a timidez – Como perder a vergonha

Ola, tudo bom? Seja bem vindo ao curso mais louco da internet brasileira. PeraÊ. To brincando. Não é um curso louco, nem o mais louco para vencer a timidez.
Decidi dar esse curso através do meu blog, pois, esse é um assunto razoavelmente procurado na internet e com poucas postagens realmente relevantes sobre o tema.

Muito prazer, meu nome é Bianca, sou graduada em Produção multimídia. E eu fui uma baita de uma criança/adolescente tímida. Não que eu ainda não seja, mas a vida te leva por caminhos onde se dizer tímido vai ficando inviável. O que eu quero dizer é, me considero superada!

Entrei na escola aos seis anos, e simplesmente eu tive que sair no meio do ano, porque eu era muito desesperada, não aceitava ir pra escola e ficar sem minha mãe, e sendo sincera, sem meus desenhos. É,pra piorar me colocaram pra estudar cedo. Eu me senti enxotada da minha própria casa. Complexo hein? Mas, enfim… desde então, no ano seguinte, em 2001, eu passei a ir pra escola,e só sai de la formada no ensino médio. E depois entrei na faculdade, sai depois de 1 ano e meio, entrei em outra,e me formei lindamente no que eu de fato gostava.

Porém, na prática a coisa não foi tão fácil. Eu cresci uma criança extremamente tímida. Daquela que raramente tinha amigas, e que chorava desesperadamente se a professora quisesse que a turma juntasse em duplas. É porque eu sabia que eu iria ficar sozinha eu acho… enfim, eu era muito pequena ainda. Chorava mesmo. Unica coisa que eu falava na sala era: presente. Na segunda série, eu consegui uma amiguinha e tals, mas, era roubada, a garota era uma ladrazinha que quase me botou a culpa de seus roubos. Passei a desconfiar um pouco das amizades já nessa época.

Eu odiava muito apelidos, e era justamente o que um muleque infeliz inventava de me botar. Um apelido que me fazia passar vergonha pro resto do ano. Uma mistura de timidez, altismo e bullyng? Enfim, eu era muito ferrada… faltava morrer se tivesse que apresentar algo na frente da sala.

Credo, que época terrível!

Eu não conseguia olhar na cara das pessoas. Eu parecia ter medo das pessoas, do que iriam dizer, pensar ou fazer diante de mim. Eu não conseguia puxar assunto com ninguém, acaba arrumando amizade lá pelo fim do ano, mesmo assim porque queriam resposta das provas. Era horrível.

Enfim, eu sei como é ser tímido. Sei o quanto perdemos com isso, sei o quanto nos sentimos incapacitados de coisas  que pra grande maioria é tão simples. Eu mal conseguia pedir pra ir no banheiro…

Mas em 2005, no primeiro dia de aula, eu conheci uma garota, que iria estudar na minha turma. E ela era tão diferente de mim. Ela conversava com qualquer pessoa basicamente. Tinhamos onze anos. E ela virou minha amiga automaticamente desde o primeiro dia de aula e desde o primeiro momento que ela me viu. E, ela não sabia o quanto eu era tímida. Então eu decidi que eu não seria tímida. E comecei conversar com ela. Pela primeira vez,uma professora falou pra nos pararmos de conversarmos! Imagine??? Que milagre!!! Um pouco mais e seriamos expulsas por conversarmos demais, e isso era tão bacana! Uau… foi milagre.

Dai ela se mudou no final do ano. Nunca mais a vi. Considero minha unica amiga da vida. Porque eu nem se quer acredito em amizade mais, porque depois que ficamos adultos, sabemos bem como as pessoas são. Mas claro,tem pessoas que tem a sorte de cultivar amizades desde pequenos. Não foi o meu caso.

Mas, ela me deu o start, ela me deu a luz. Eu notei que eu não falava com ninguém, por causa de uma grande baixa auto estima. Eu não me achava legal o suficiente pra ninguém falar comigo. Pois as pessoas só sabiam dizer que era tímida demais, que eu não abria a boca. Ela não me julgou, ela não teve tempo pra isso. Ela, só virou minha amiga e pronto e acabou. Era isso. E é difícil encontrar pessoas assim. Geralmente ninguém vira seu amigo assim do nada.

Mas em 2006, eu tive uma colega. Meio estranha e tals. Mas conversávamos muito também. Inclusive eu cheguei conversar com mais de 4 pessoas nesse ano! Acredita só???? 4 pessoas diferentes!!! Alunos ta? não to incluindo professores. Pros professores eu continuava falando presente!kkkkk

Já em 2007, eu tive uns 3 colegas com quais eu conversava sempre também, sentava junto etc. Mas, creio que pela chegada da adolescência propriamente dita, eu me fechei um pouco. Eu já não brincava no recreio feito um muleque doido. Passei fazer chapinha no cabelo. A sentir vergonha dos olhares das pessoas. Os elogios começaram aparecer. Descobri que as meninas achavam meu cabelo bonito, e os meninos, também. Continuava sendo insuportável falar na frente da sala, eu continuava com dificuldade de falar ate com meus pais. Acho que regredi um pouco essa epoca.

Comecei a me preocupar com quando iria namorar, ou porque teria que namorar, ou beijar. Os problemas começaram a se internalizar. E em 2008, eu achei ate que seria uma bosta. Mas, como um milagre, praticamente todos da turma falavam comigo e não era só pra pedir cola! Eu disse não só kkkkkkk

Eu parecia ter me tornado uma pessoa com quem as pessoas queriam falar. Eu não achava que me admiravam sem ser pelas minhas notas. Mas, eu sabia que eu era aceita. Eu era parte. E era tudo fácil. Mudei no meio do ano, pra outra cidade. E tirando a parte em que algumas putas de fora da minha turma queriam quebrar a minha cara por um tempo, creio que eu fui grande sucesso! Todos falavam comigo. Todos. E sei que pra muitos isso é banal. Mas pra quem foi tímido, isso é um fenômeno. De 2009 em diante me estabilizei muito, já escolhia quem seria meu amigo ou não, já conseguia puxar papo. E também cortar papo de pessoas que não me acrescentavam nada. Já havia namorado algumas vezes,apesar de geralmente ter sido  um fracasso total. Mas no geral, eu me estabilizei e me tornei ao menos uma pessoa normal, que conseguia ter amigos, como ocorreu no segundo ano que tive amigos que também me abraçaram muito, graças a Deus, pois foi um ensino integral e ficar só o dia todo seria a pior coisa do mundo. 2010 foi um ano que eu não fiquei só um dia se quer! Tive 7 amigos. Sempre algum ia! Nunca tinha intervalo sozinha!

Já em 2011. Foi uma bosta. Terceiro ano mais chato do mundo. Eu não suportava aquelas pessoas e aquelas pessoas não me suportavam, pois eu havia sido transferida de uma escola pra outra. E foi uma porcaria do começo ao fim. Eu só terminei aquele ano, porque decidi que aquele bullyng nem sempre silencioso deles não iria me tirar o direito de terminar o meu terceiro ano. Isso mesmo… eles faziam certas coisas que me faziam repensar sobre estudar. Eles não deixavam passar por mim, uma folha de presença pra assinar. Não me aceitavam praticamente em nenhum dos grupos pra fazer um trabalho, e por serem forçados a me aceitar e aceitar minha amiga na época, acabavam dando um jeito patética de nos prejudicar nos deixando sem noticias do trabalho em grupo. Era fim do ano e tinha professora que não sabia meu nome. Era um tédio terrível. Nem eles se suportavam. Deitados em berço esplendido. A nota mais baixa daquela turma era 8. Não sei quem foi o louco de só colocar gente estudiosa naquela sala. No mal sentido!

Enfim, você deve ta se perguntando sobre o que eu quero te convencer… eu quero te convencer, de que eu sei o que é ser tímido. E se eu consegui superar isso, você também pode superar a timidez, perder a vergonha, conseguir falar em publico. Saber como se livrar da timidez!

E eu, uma ex tímida de grau extremo, vou tentar te ajudar nessa. Vou contar os mecanismos que eu usei, os passos que eu dei. Os pensamentos que eu pensei pra poder superar de fato isso. São coisas intimas, que eu vou abrir aqui pra tentar ajudar pessoas como eu fui um dia.

O texto já ta enorme… então como primeira dica, esquece a pressão de fora. Esquece a pressão das pessoas pra você deixar de ser tímido. Isso é um problema seu, e você resolve se você quiser! E caso queira, logo postarei a próxima “aula” desse nosso curso. Ahhhh, e é grátis ta? Vou cobrar não!kkkkkk

Até mais! Salve o blog nos favoritos, pra você voltar aqui!

0 Gostou desse post? Então clica aqui
Like
Continue a ler
Você já viu isto?
Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em curso para perder a timidez

Veja…

Olha isso…

Ir ao topo